sábado, 14 de fevereiro de 2015

EXPOSIÇÃO EM PARATY É DESTINO ALTERNATIVO DE CARNAVAL




Pesquisa de memória oral da geração mais antiga de paratienses é a fonte da exposição audiovisual Histórias e Ofícios do Território, primeira ação pública do Museu do Território de Paraty, que relembra a vida na cidade durante os anos de isolamento, antes da inauguração da rodovia Rio-Santos (1973).



Paraty é um destino bastante procurado na época do Carnaval pelos foliões, vindos de diversas partes do Brasil e do mundo, por conta de suas festas de rua, com seus bloquinhos, marchinhas, brincadeiras, bonecos gigantes de papel marche e a matinê na Praça da Matriz. Entre um pulo e outro de Carnaval é possível ter um contato mais próximo com a história da cidade e de seus moradores mais antigos através da exposição “Histórias e Ofícios do Território”, em cartaz no Centro Histórico.
Habituados a dar a palavra a visitantes de todas as partes do Brasil e do mundo, nessa mostra os paratienses são os narradores em primeira pessoa de uma história quase esquecida.
Concebida a partir da memória oral de paratienses da velha guarda, selecionados em pesquisa de campo junto à comunidade, a exposição audiovisual, primeira ação pública do Museu do Território de Paraty, pretende rememorar a vida na cidade antes de 1973, quando foi inaugurada a rodovia Rio-Santos (BR-101). Com ela, veio o “progresso”, mas também começou a acabar um modo de vida.
“Histórias e Ofícios do Território” é parte do processo de implementação do Museu do Território de Paraty, com patrocínio do BNDES, uma iniciativa da Casa Azul, que realiza a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

EXPOSIÇÃO
Na exposição, a história oral dos paratienses é o principal conteúdo. Após a seleção, por indicação da comunidade, dos representantes da geração mais antiga, depositária das lembranças mais profundas da cidade, estabeleceu-se um foco: os ofícios tradicionais, em vias de desaparecimento ou de sofrer transformação radical, como a arte de construir canoas, o comércio de secos e molhados, a pesca, a comida, a arte popular, o ensino nas escolas do passado.

PLACAS COMEMORATIVAS
Trechos desses depoimentos foram transcritos em 15 placas comemorativas espalhadas pela cidade e em dois espaços expositivos: o Espaço Experimental de Cultura – Cinema da Praça e a Casa da Cultura de Paraty (sala Samuel Costa). As placas estão afixadas em muros erguidos durante o processo de tombamento da cidade, concluído em 1974, para fechar lotes vagos.

HISTÓRIAS E OFÍCIOS DO TERRITÓRIO
Espaço Experimental de Cultura Cinema da Praça: depoimentos em vídeo de antigos moradores paratienses e painéis expositivos – até 08 de março de 2015

Pela cidade: placas comemorativas com testemunhos de moradores – permanente

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Carnaval gospel, bailes infantil e popular na segunda e terça-feira





Não é só de Desfile de Escolas de Samba, Rock Carnival e Zombie Walk que é feito o Carnaval de Curitiba. Na segunda e na terça-feira (16 e 17 de fevereiro) a Fundação Cultural de Curitiba promove, na Regional Bairro Novo, bailes para crianças e adultos. Também na terça-feira o Carnaval Gospel faz, no TUC – Teatro Universitário de Curitiba, uma maratona de oito horas de música, com 15 atrações curitibanas. Tudo de graça.
A Banda Lefigarroo é quem promove a animação nos bailes populares, no Ginásio de Esportes do Bairro Novo (Rua Ourizona, 1.681). Os bailes infantis acontecem das 15h às 19h, com entrada livre. Na terça-feira também acontece o já tradicional concurso de fantasias da criançada. As inscrições podem ser feitas no local, na hora do baile.
Já os bailes adultos vão das 20h à meia-noite. Haverá venda de refrigerante durante o evento e não será permitida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas. A segurança do evento fará revista na entrada.
Gospel
Na terça-feira, das 13h às 22h, o palco Ivo Rodrigues, no TUC, recebe o eclético Carnaval Gospel. O evento, que faz parte da programação oficial do Carnaval curitibano pelo segundo ano seguido, está recheado de novidades, com 15 atrações de vários gêneros musicais.
A produção do evento é do Arte Cultura Cristã com apoio da Fundação Cultural de Curitiba. A exemplo do ano passado, mais uma vez será valorizada a cena de artistas locais. O destaque é o cantor e compositor de música pop Samuel Barbosa, curitibano, com mais de 21 anos de carreira e conhecido nacionalmente.
Na programação ainda tem o hip hop do ACD – Aliados Com Deus, o skate rock do Vale Rocks e da Banda Resistência, o pop rock de Alissom Delbom, DNA da Cruz e Kontra Attack, o pop eletro black de Rubens Cordeiro, o pop mais tradicional da Banda Abdas, Meu Alvo é Cristo, Passe Livre, Projeto Casa e o samba e pagode de Caminho Certo, Guigo Fontoura e do Ministério Hefzibá.
O evento é aberto ao público e terá arrecadação de gibis e livros infantis, que serão doados para entidades de atendimento a crianças carentes. Mas a doação não é obrigatória para ingresso ao evento. Não haverá restrição de idade, porém será proibido entrar com bebidas, cigarros e alimentos na galeria Julio Moreira. 
Mais informações na página oficial do Arte e Cultura Cristã no Facebook:facebook.com/arteeculturacrista.
Serviço: 
Bailes populares de carnaval
Local: Ginásio de Esportes do Bairro Novo (R. Ourizona, 1.681)
Datas e horários: 16 e 17 de fevereiro (2ª e 3ª feira)
Das 15h às 19h – baile para crianças
Das 20h à meia-noite – baile para adultos
Ingresso: gratuito
 
Carnaval Gospel
Local: TUC – Teatro Universitário de Curitiba (Travessa Nestor de Castro, dentro da Galeria Júlio Moreira, Largo Da Ordem)
Data: 17 de fevereiro (3ª feira)
Horário: das 13h às 22h
Ingresso: gratuito 

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Desfile das Escolas de Samba agita a Marechal no sábado




Depois de três finais de semana de Pré-Carnaval na Marechal Deodoro, agora chegou a vez da avenida receber os desfiles de blocos e das escolas de samba de Curitiba. O evento acontece no sábado (14) a partir das 17h. É a segunda vez seguida, nos últimos 15 anos, que a Marechal Deodoro recebe o Carnaval curitibano. O acesso às arquibancadas, que já estão sendo montadas entre as ruas Barão do Rio Branco e Marechal Floriano, será gratuito.
“Os desfiles deste ano marcam a concretização do Carnaval na Marechal Deodoro. Essa volta fortalecida e estabelecida para o berço do evento dá às nossas escolas de samba cada vez mais força”, afirma Igor Cordeiro, superintendente da FCC. Ele lembra também que o Carnaval local fortalece as Regionais do município, já que é construído a partir dos bairros da cidade.
Blocos
O primeiro desfile é às 18h20, com o bloco Afoxé, que reúne integrantes dos terreiros de umbanda e candomblé de Curitiba. A canção deste ano é intitulada “Egbe Aye Afoxé Omo Ijexá”. Há mais de 20 anos o Afoxé é responsável por fazer o ritual de “purificação” da avenida, garantindo bons fluidos para a festa. 
Em seguida, às 18h50, vem o bloco Unidos de Judá, com o tema “Leão de Judá”. Depois é a vez do Derrepent (às 19h20) comemorar os 30 Anos do Fim da Ditadura. Às 19h50, o tradicional Rancho das Flores, formado por aproximadamente 400 idosos que participam dos grupos de convivência da Fundação de Ação Social (FAS), desfila com o tema “O Amor Não Tem Idade”.
Escolas de Samba
Às 20h30 começam os desfiles das escolas do grupo B, com a Unidos de Pinhais – com o samba-enredo “A Pinhais se Embala nas Asas da Borboleta!” – e Os Internautas, às 21h40, cantando o “Memorial da Saga Afro Brasileira”.
Os desfiles do grupo A acontecem a partir das 22h30, com a Imperatriz da Liberdade cantando “A Imperatriz É Boa Praça”. Depois vêm os Leões da Mocidade (23h35) com o tema “Ciganos: Origens, Histórias, Lendas e Tradição”. Os Embaixadores da Alegria (0h40) chegam em seguida com o samba “Alafin de Oyó – Uma Viagem À Terra do Rei Xangô”.
A vice-campeã de 2014, a Acadêmicos da Realeza, ocupa a Marechal à 1h45, cantando “A História de Curitiba Pelas Mãos de Fernando Guimarães”. Por fim vem a grande campeã do ano passado, a Mocidade Azul (2h50). O tema é “Sinal azul!!! Parem o Tempo, Que Eu Quero Enlouquecer”. A ordem dos desfiles respeita os resultados do Carnaval 2014.
Resultado
A apuração das notas dos desfiles das Escolas de Samba será já no domingo (dia 15), no Memorial de Curitiba, a partir das 15h. A última colocada do Grupo A será rebaixada para o Grupo B em 2016. Já a escola de samba campeã do Grupo B terá garantido o acesso ao Grupo A no ano que vem.
Os quesitos avaliados pelos jurados serão bateria, fantasia, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, alegorias e adereços, samba enredo, harmonia, enredo, conjunto e baianas. As escolas do grupo A devem ter no mínimo 230 integrantes e as do grupo B, 160. O regulamento foi aprovado em dezembro pela Comissão de Carnaval e pelas escolas de samba.
Infraestrutura
A Marechal Deodoro está sendo preparada para receber o público que irá ao desfile das escolas de samba. A infraestrutura envolve arquibancadas, equipamentos de som e iluminação, banheiros químicos e barracas de alimentação. Os acessos poderão ser feitos pelas ruas Barão do Rio Branco, Monsenhor Celso e Avenida Marechal Floriano.
O acesso do público às arquibancadas será gratuito. Serão 2,6 mil lugares, sendo 300 reservados a idosos, deficientes físicos e gestantes. As arquibancadas serão montadas no lado esquerdo da pista (considerando o sentido dos carros). Serão instalados 60 banheiros químicos, ao longo do trecho do desfile (entre a Rua Barão do Rio Branco e Avenida Marechal Floriano) e também nas áreas de concentração e dispersão das escolas.
Barracas para venda de alimentos e bebidas (água, refrigerantes e cervejas) atenderão na Rua Monsenhor Celso (entre a XV de Novembro e a José Loureiro). Também foram definidos pontos de vendedores ambulantes. Técnicos da vigilância sanitária e da Secretaria Municipal de Urbanismo atuarão na fiscalização.
Ambulâncias estarão posicionadas em pontos estratégicos para atendimento médico de emergência. O policiamento será realizado com efetivos da Polícia Militar e da Guarda Municipal. O Corpo de Bombeiros também estará presente.
Trânsito
Em razão do desfile, haverá bloqueio total da pista da Marechal Deodoro a partir das 14h, no trecho entre as ruas Tibagi e Westphalen. Agentes da Setran estarão no local para orientar o trânsito. Os ônibus que atendem a região funcionarão normalmente no fim de semana, com pequenos ajustes de rota, caso necessário. As linhas que transitam pela Marechal Deodoro serão desviadas para rotas próximas.
Realização
O Carnaval de Curitiba 2015 é uma realização da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC). Tem patrocínio da Fusion e apoio cultural da RPCTV, Club Vibe, AIMEC, Paleteria Mexicana, Rádio Banda B e Jornal Batucada.
A programação do Carnaval 2015 está sujeita a alterações. Acompanhe o site da FCC (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br) para saber mais detalhes e outras atualizações.
Desfile das Escolas de Samba
Sábado, 14 de fevereiro – Marechal Deodoro – a partir das 18h
Blocos: 18h20: Afoxé | 18h50: Unidos de Judá | 19h20: Derrepent | 19h50: Rancho das Flores
Grupo B: 20h30: Unidos de Pinhais | 21h40: Internautas
Grupo A: 22h30: Imperatriz da Liberdade | 23h35: Leões da Mocidade | 0h40: Embaixadores da Alegria | 1h45: Acadêmicos da Realeza | 2h50: Mocidade Azul
Apuração do Desfile das Escolas de Samba
15 de fevereiro – Memorial de Curitiba – a partir das 15h
Demais eventos (todos têm entrada franca):
Baile da Terceira Idade
10 de fevereiro – Salão Azul do Clube Curitibano – 14h
Curitiba Rock Carnival
Sábado, 14 de Fevereiro – a partir das 13h
Movie Star Trash (Curitiba) | 99Noizagain (Curitiba) | A Carne (Curitiba) | Motorama (Argentina) | Sugar Kane (Curitiba) | Goddamn Gallows (USA) | Man Or Astro Man? (USA)
Domingo, 15 de Fevereiro – a partir das 13h
Phantom Powers (RS) | Interceptor (SP) | Aloha Haole (PI) | The Brown Vampire Catz (Londrina) | The Anomalys (Holanda) | Ovos Presley (Curitiba) | Relespública (Curitiba)
Zombie Walk
15 de fevereiro – saída da Boca Maldita até a Praça 19 de Dezembro – 12h 
Carnaval Gospel
17 de fevereiro – TUC Galeria Júlio Moreira, Largo da Ordem – das 13h às 22h
Atrações: ACD Aliados Com Deus (Hip Hop) – Alissom Delbom (Pop Rock) – Banda Abdas (Pop) – Banda Resistência (Skate Rock) – Caminho Certo (Samba e Pagode) – DNA da Cruz (Pop rock) – Guigo Fontoura (Samba e Pagode) – Kontra Attack (Pop Rock) – Meu Alvo é Cristo (Pop) – Ministério Hefzibá (Samba e Pagode) – Passe Livre (Pop) – Projeto Casa (Pop) – Rubens Cordeiro (Pop Eletro Black) – Samuel Barbosa (Pop) – Vale Rocks (Skate Rock)
Bailes de Carnaval na Regional Bairro Novo
16 e 17 de fevereiro – das 15h às 19h (infantil) e das 20h às 24h (adulto)

Carnaval de Curitiba abre espaço para o rock e zumbis





Nos próximos dias 14 e 15, o Curitiba Rock Carnival, realizado pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC) em parceria com o Psycho Carnival, novamente tomará conta do estacionamento da Câmara Municipal de Curitiba. A segunda edição do evento tem 14 bandas confirmadas, os destaques são os curitibanos da Relespública, que fecham a festa no dia 15, e a banda norte-americana Man or Astro-man?, que se apresenta no dia 14.
“É uma oportunidade única para ver ótimas bandas internacionais e grandes nomes da cidade, tudo gratuito. A importância que a FCC e a Prefeitura de Curitiba dão para o rock mostra que a cena curitibana está forte e tem reconhecimento”, diz o produtor Vlad Urban, curador do evento.
Para o presidente da FCC, Marcos Cordiolli, o sucesso do Curitiba Rock Carnival em 2014 prova que gêneros não tradicionais do Carnaval podem ajudar a compor festividades mais democráticas. “Além de resgatar as tradições do Carnaval de Curitiba estamos trabalhando com movimentos de vanguarda, como a música eletrônica. A nossa ideia é trazer a população de todos os bairros para ocupar espaços públicos com atrações de gratuitas e de qualidade", afirmou Cordiolli.
Com entrada franca, o espaço do Curitiba Rock Carnival é fechado e será permitida entrada de público até o limite da capacidade do espaço. A Guarda Municipal e a Polícia Militar farão a segurança do entorno. Internamente, seguranças privados atuarão. Haverá revista na entrada e não será permitida a entrada com capacete ou mochilas.
Zombie Walk
Outra marca já tradicional do Carnaval de Curitiba, a Zombie Walk – marcha que reúne milhares de amantes do gênero de horror – acontece no dia 15 de fevereiro. Considerada uma das maiores marchas de “desmortos” no Brasil (ano passado reuniu mais de 15 mil pessoas), o evento é realizado pela Zombie Walk CWB e este ano terá algumas novidades, como a escolha da Miss Zombie Curitiba e apresentações artísticas. A concentração acontece na Boca Maldita a partir das 12h, e a marcha segue até a Praça 19 de Dezembro.
O Carnaval de Curitiba 2015 é uma realização da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC). Tem patrocínio da Fusion e apoio cultural da RPCTV, Club Vibe, AIMEC, Paleteria Mexicana, Rádio Banda B e Jornal Batucada.
A programação do Carnaval 2015 está sujeita a alterações. Acompanhe o site da FCC (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br) para saber mais detalhes e outras atualizações.

Programação





Curitiba Rock Carnival
Sábado, 14 de Fevereiro – a partir das 13h
Movie Star Trash (Curitiba)
99Noizagain (Curitiba)
A Carne (Curitiba)
Motorama (Argentina)
Sugar Kane (Curitiba)
Goddamn Gallows (USA)
Man Or Astro Man? (USA)
Domingo, 15 de Fevereiro – a partir das 13h
Phantom Powers (RS)
Interceptor (SP)
Aloha Haole (PI)
The Brown Vampire Catz (Londrina)
The Anomalys (Holanda)
Ovos Presley (Curitiba)
Relespública (Curitiba)
Zombie Walk
15 de fevereiro – saída da Boca Maldita até a Praça 19 de Dezembro – 12h

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Quarta Rock Grito de Carnaval abre semana de festas no James





E finalmente chega a semana que muitos brasileiros aguardam ansiosamente neste início de ano, o Carnaval

O James, como sempre, celebra a festa popular com a programação composta de suas noites mais prestigiadas, numa semana intensa de atrações e atividades. As baladas começam nesta quarta-feira (11.02), com a Quarta Rock Grito de Carnaval.

A Quarta Rock, a mais famosa festa semanal do James, homenageia os grandes momentos do rock em todos os tempos e oferece ao público o que há de melhor entre as novas bandas. Comandada pelos DJs Ale Dantas, Claudinha Bukowski e Pablo Busetti, o Grito de Carnaval deste ano também comemora o aniversário de Gabriel Sotto Bello, apresentador de programas de games que vai discotecar ao lado dos residentes.

Na quinta-feira (12.02), é a vez da balada que chegou mexendo com os quadris de todo mundo há um ano e se tornou uma febre no calendário da casa. A ¡MIRA! Entrada del Carnaval! abusa dos ritmos calientes, das latinidades e das batidas tropicais com os DJs e produtores Giu Nunez e Guibe recebendo os convidados Nirso (SP), Karina Gallon e Ailen Scandurra. Nirso fez muito sucesso em sua passagem pela própria ¡MIRA!, em 2014. É músico e pesquisador musical há 15 anos e vem produzindo remixes, já tocou nas principais festas de São Paulo. O DJ tem preferências amplas e transita por vários gêneros e estilos, desde música brasileira de raiz até eletrônica.

E, para começar o final de semana Carnaval nesse primeiro bloco de festas, tem a Discotraxx na Folia (13.02). Além dos residentes Ale Dantas e Claudinha Bukowski, quem traz o balanço caliente para as picapes é o irreverente DJ Alemão UC, produtor da versão curitibana da badalada festa Avalanche Tropical. Alemão faz parte do duo Drunk Disco, famoso por misturar funk carioca, house, hip hop, tecnobrega e tudo o que for necessário pra galera perder a linha na pista.

Durante toda a semana, o público poderá curtir também o double caipirinha, entre as 22h e 24h, e receberá adereços para entrar no clima da folia, com colares havaianos, confetes, purpurina e serpentina, máscaras e óculos coloridos. E, para levar o registro para casa, o fotógrafo Lucas Costa estará distribuindo fotos feitas em uma máquina Polaroid, com revelação imediata.

Assim como no ano passado, a identidade visual da semana será baseada nos trabalhos do artista gráfico estadunidense  Keith Haring, que ganhou notoriedade ao fazer divertidas e dinâmicas ilustrações no metrô novaiorquino durante os anos 70. A Rainha do Carnaval de Curitiba em 2014, Larissa Damas, estará presente durante a semana para desfilar em algumas noites e mostrar também muito samba no pé. A casa também oferece dez drinks com descontos até o final do verão, com os melhores de 2014 a precinhos convidativos.
É só o começo, a semana ainda terá pela frente a POPLine (14.02), a Batalha de iPod (15.02) e o Cambalacho (16.02), além da Quarta Rock de Cinzas (18.02). Com uma pausa na terça-feira (17.02), porque ninguém é de ferro.

QUARTA 11.fev: 22h
A balada das guitarras aproveita o clima de Carnaval para abrir a maratona de festas que só acaba na Quarta Rock de Cinzas. DJs residentes Ale Dantas, Claudinha Bukowski, Pablo Busetti. Convidado Gabriel Soto Bello (B-Day).
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
DOUBLE DRINK de destilados nacionais das 22h e 24h.
DISTRIBUIÇÃO de colares havaianos.
R$ 15.

QUINTA 12.fev: 22h
Cumbia, salsa, mambo, afrobeats, samba, chicha e chá chá chá. Ritmos calientes, ferventes, em festa dedicada à latinidades e batidas tropicais. Com os residentes Guibe e Giu Nunez e os convidados DJ Nirso (SP), Karina Gallon e Ailen Scandurra.
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
DISTRIBUIÇÃO de confetes e serpentinas.
R$ 15.

SEXTA 13.fev: 22h
Nu-disco, house  e indie dance pra cair na gandaia durante o Carnaval. DJs residentes Ale Dantas e Claudinha Bukowski. Convidado Alemão UC (Drunk Disco).
50% DE DESCONTO na entrada até 24h.
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
SHOTS DE TEQUILA no balcão.
DISTRIBUIÇÃO de máscaras de Carnaval.
R$ 20.

SÁBADO 14.fev: 22h
A noite pop e eletro pop do James também entra na folia. DJs residentes Ale Dantas, Denis Pedroso e Lu Padilha.
SORTEIO DE VIPS com participação na fanpage do Facebook, a partir das 13h do dia da festa.
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
DEGUSTAÇÃO DE DRINKS ao longo da noite.
DISTRIBUIÇÃO de colares havaianos.
R$ 25.

DOMINGO 15.fev: 22h
Oito equipes fazem “combate musical” no palco do James, em nova temporada, com mudança de formato. DJ residentes Denis Pedroso e convidados. Apresentação de Sandra Carraro.
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
DISTRIBUIÇÃO de máscaras de personagens.
R$ 20.

SEGUNDA 16.fev: 22h
O Baile do Macaco faz a festa da fusão sonora com inspirações carnavalescas. Com os DJs residentes Jeff Bass e Anaum. Convidado DJ Ploc.
DOUBLE CAIPIRINHA das 22h às 24h.
DISTRIBUIÇÃO de óculos coloridos.
R$ 25.

*TERÇA 17.fev: 22h
FECHADO

QUARTA 18.fev: 22h
Final da maratona de Carnaval com uma noite mais suave e tão divertida e dançante quanto os outros dias. Pra curar a ressaca e se despedir da folia com muita festa. DJs residentes Ale Dantas, Claudinha Bukowski e Pablo Busetti. Convidado Claudio Yuge.
DISTRIBUIÇÃO de água de coco ao longo da noite.
DOUBLE DRINK de destilados nacionais das 22h às 24h.
R$ 15.

* Todas as infos e releases sobre nossa programação estão disponíveis em nosso site www.barjames.com.br.
*PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO.


Av. Vicente Machado, 894. Curitiba/PR. (41) 3222-1426. Formas de pagamento: Todos os cartões de débito e crédito Amex, Diners, Master, Visa e Visa Vale-Refeição.

Juçara Marçal, Leo Cavalcanti e Verônica Ferriani participam do “Baile Muitos Carnavais” no Sesc Pinheiros




Músicos celebram o carnaval inspirados nas músicas de Caetano Veloso


“Muitos Carnavais”, coletânea lançada em 1977, traz músicas compostas por Caetano Veloso em uma homenagem ao carnaval e seus personagens. Com marchinhas e frevos que encantam os bailes e carnavais de rua.
                       
Nos dias 14 e 16 de fevereiro, o Sesc Pinheiros recebe o “Baile Muitos Carnavais”. Os três dias de folia, seguidos pela quarta-feira ingrata, serão festejados no melhor estilo. Leo Cavalcanti, Verônica Ferriani e Juçara Marçal cantam e exaltam a obra de Caetano.

Na direção musical está NABASE, núcleo criativo de produção musical dos músicos Décio 7 (Bixiga 70) e Gui Held (Criolo, Mariana Aydar, entre outros). Clássicos que atravessam gerações, como “A Filha da Chiquita Bacana”, composta em referência a marchinha de João de Barro (sucesso no carnaval do final dos anos 40), “Chuva, Suor e Cerveja” e “Atrás do Trio Elétrico” fazem parte do repertório. Além dessas músicas, o trio  canta outros hits de Caetano Veloso, como “Massa Real” e “Deixa Sangrar”.


Serviços:
Local: Sesc Pinheiros
Dias e horários: 14 de fevereiro (sábado), às 19h30
                           16 de fevereiro (segunda), às 16h

Ingressos: Grátis

Duração: 90 min

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Carnaval de Rua em São Paulo 2015

BANDA BANTANTÃ 2015
Em atividade desde 1979, a Banda Bantantã promete muita animação para quem passa na região da cidade universitária.
QUANDO: sexta-feira, 6 de fevereiro, às 16h
ONDE: Avenida Waldemar Ferreira com Desembargador Armando Fairbanks
PREÇO: grátis
7 DE FEVEREIRO - SÁBADO

PRÉ – CARNAVAL CASUARINA
A festa do Cine Jóia é paga, mas promete atrair muitos foliões
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 22h
ONDE: Cine Jóia
PREÇO: de R$25 a R$80


BLOCO LOVEBLOCK
Com uma trilha sonora Indie, o Bloco Loveblock leva 15 batuqueiros e muita diversão sustentável para as ruas.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 14h
ONDE: da Rua Cojubá até a Rua Lopes Neto
PREÇO: grátis


BLOCO DA RESSACA 2015
Com o tema de “Sem eira nem beira, de Ressaca na Cantareira”, o Bloco da Ressaca promete atrair em torno de 7 mil pessoas para um folia com trio elétrico, um banda com quarenta metais e um bateria com cinquenta percussionistas.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 14h
ONDE: Largo do Cambuci
PREÇO: grátis


DESFILE DOS BANGALAFUMENGA 2015
O sucesso do ano passado volta em 2015 trazendo várias atrações, como o Sargento Pimenta e o desfile Banga. A concentração acontece na Rua Lisboa.
QUANDO: sábado,7 de fevereiro de 2015, às 10h
ONDE: Avenida Paulo VI
PREÇO: grátis


BARRACÃO DA FOLIA 2015
Uma roda de samba e uma bateria com 220 ritmistas e camisetas do palmeiras tem presença garantida nessa festa.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 11h
ONDE: Rua Diana
PREÇO: grátis


BLOCO NU’INTERESSA 2015
Em parceria com o Bar O Pasquim, a 11ª edição do evento conta com a festa de rua e uma particular para quem adquirir o kit. Atrações como Ala das Baianas, Rei e Rainha Momo e uma surpresa estão confirmadas.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 13h
ONDE: Rua Filinto de Almeida, nº 50
PREÇO: R$130 (2º lote)


BLOCO CIGA-NOS 2015
A segunda edição do carnaval mais cigano da cidade vai trazer Fanfarra, Tarantela e Marchinhas Turcas para às ruas.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 16h
ONDE: Praça Roosevelt
PREÇO: grátis


BLOCO A EMA GEMEU DE CANTO A CANTO
Os forrozeiros vão adorar o Bloco a Ema Gemeu de Canto a Canto. O rastapé e o xote vão se juntar às cores vermelha e amarela para compor um cenário de muita diversão para os foliões.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 14h
ONDE: Canto da Ema
PREÇO: grátis


BLOCO ME FODE QUE EU SOU PRODUÇÃO
Produtores de eventos culturais se reuniram para levar o carnaval para as ruas de São Paulo. Todos podem participar gratuitamente e devem levar seu instrumento musical e ir fantasiado.
QUANDO: sábado, 7 de fevereiro, às 15h
ONDE: Praça Roosevelt
PREÇO: grátis

8 DE FEVEREIRO - DOMINGO

BLOCO CARNAMAURI 2015
A Rua Amauri é homenageada com sambas-enredo e um carro com banda. O evento é open bar e apenas os homens pagam.
QUANDO: domingo, 8 de fevereiro, às 13h
ONDE: Rua Amauri
PREÇO: R$ 100 (homem); mulher VIP


BLOCO NU VUCO VUCO 2015
Com o ideal de difundir música e amor, o bloco não tem restrição de público. É só chegar e curtir.
QUANDO: domingo, 8 de fevereiro, às 10h
ONDE: Praça Cornélia
PREÇO: grátis


BLOCO BACO DO PARANGOLÉ 2015
A poesia e a arte ganham espaço por aqui. Quem quiser ir é melhor arrumar uma fantasia para não destoar do resto dos foliões.
QUANDO: domingo, 8 de fevereiro, às 10h
ONDE: Rua Nicolau Gagliardi
PREÇO: grátis


BLOCO ESFARRAPADO
A 68ª edição do Bloco Esfarrapado promete levar 10 mil pessoas às ruas em um trajeto maior do que nos anos anteriores. As músicas ficam por conta de marchinhas famosas e temas de escolas de samba.
QUANDO: domingo, 8 de fevereiro, às 12h
ONDE: Rua Pelotas
PREÇO: grátis


BLOCO PHOLIA NA LUZ
Os 7 bloquinhos participantes do evento prometem mais de 5 horas de festa gratuita. Blocos como a Bateria Makossa e o Unidos da Melhor Idade.
QUANDO: domingo, 8 de fevereiro, às 14h
ONDE: entre a Estação da Luz e o Jardim da Luz
PREÇO: grátis

Bunda de Paolla Oliveira cai nas graças dos foliões e fantasia é uma das mais vendidas



A exuberância da atriz Paolla Oliveira — que parou o país em uma cena da minissérie ‘Felizes para sempre’ — também vai repercutir no Carnaval. Os foliões do Rio já procuram imitações das nádegas da atriz no comércio popular da Saara, para serem usadas como fantasia em referência à personagem Danny Bond. Os lojistas já oferecem o enfeite com o nome de “bunda da Paolla Oliveira” e notaram que, depois que a cena foi ao ar, houve um crescimento de 15% nas vendas do acessório em relação à 2014.

“Acredito que a alta nas vendas seja por conta da cena que parou tudo”, disse Denise Silva, gerente da loja Carla Festa. Para a vendedora Damaris da Silva, da loja Brink Mania, o acessório virou o item mais procurado. “É a fantasia deste Carnaval”, afirmou Damaris.
As amigas Elizabeth e Kelly experimentam bumbuns de borracha para fazer sucesso nos blocos como a personagem de Paolla Oliveira


As amigas Elizabeth Claudino e Kelly Aragão, ambas com 32 anos, procuravam fantasias para a folia e gostaram dos bumbuns de borracha que encontraram na loja Carla Festa. “A Paolla Oliveira está fazendo sucesso. Vamos ver se a gente também faz”, brincou Elizabeth que testou o acessório de R$ 3.

Sorteio define o posicionamento dos jurados das escolas de samba


Ao todo são 36 jurados divididos em 9 quesitos

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro ) sorteou nesta segunda-feira a posição dos julgadores nos quatro módulos ao longo da passarela no desfile do Grupo Especial para o Carnaval na Sapucaí. Eles terão a responsabilidade de definir, com notas de 9 a 10 (fracionadas), a campeã após um ano de polêmicas, que provocaram mudanças implantadas para 2015.

Ao invés de 40, como em 2014, serão 36 jurados divididos entre 9 quesitos, já que conjunto não será mais avaliado. Entre eles, 20 são estreantes no júri do Grupo Especial: sete vieram da Série A, como a bailarina Monica Barbosa, e outros 13 terão a primeira experiência no júri, como o maestro Carlos Eduardo Prazeres e o professor José Roberto Lages. Este ano, os desfiles começam às 21h30m, em vez das 21h.

A mudança chama atenção no quesito samba-enredo, que terá 4 novos julgadores. Conforme o DIA publicou em janeiro, um dos jurados deste quesito, o maestro Prazeres, nunca esteve na Sapucaí. “É uma fatalidade do destino. Mas já pulei muito carnaval em Salvador, Olinda. Desde criança, eu participo de samba e a televisão mostra praticamente tudo o que acontece lá”, disse o julgador, fundador da Orquestra Maré do Amanhã.

Historiador especializado em cultura do samba, Luiz Antonio Simas criticou a escolha do jurado: “Existe uma cultura que você só adquire estando presente no desfile da escola. É importante esse contato direto com o mundo do samba. Senão era só passar um CD e ele diz se gosta da música”.

Motivo de discórdia no ano passado, o quesito fantasia também terá reformulação total. Uma das estreantes é a produtora de moda Helenice Gomes. “Não vou falar do que passou, mas me sinto totalmente preparada para julgar com carinho e atenção. É uma responsabilidade muito grande, mas importância deste quesito é igual a todos os outros”, disse a produtora.

Segundo o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, a expectativa é de um julgamento que não cause tantas polêmicas quanto no último desfile. “A nossa intenção é aprimorar e renovar o júri. As pessoas que estão chegando são especialistas em suas áreas. E os que vieram do acesso foram os que mais se destacaram”, afirmou.

A ausência do quesito conjunto neste ano servirá como teste. “Vamos sentir o que as escolas vão identificar como resultado desse ano para decidir se mantemos assim”, disse Castanheira.

Cancelamento do desfile do Bangalafumenga era estratégia de marketing



EU TINHA AVISADO QUE AÍ TINHA JACUTINGA. EU TINHA SENTIDO O CHEIRO DA CATINGA !

O Bangalafumenga, que anunciou no domingo que não desfilaria no carnaval de rua do Rio deste ano, confirmou a apresentação no dia 15 de fevereiro, no Aterro do Flamengo. A nota de cancelamento, publicada na página do bloco Facebook, afirmava que a decisão tinha sido tomada por causa da grande quantidade de sujeira e de foliões que fazem xixi nas ruas, mas era parte de uma campanha de marketing. Na noite de terça-feira, um vídeo divulgado na mesma página esclareceu que o bloco desfilará em São Paulo e no Rio de Janeiro, nos dias 7 e 15, com patrocínio de um produto de limpeza.

No vídeo, Rodrigo Maranhão, vocalista do Bangalafumenga, afirma que a ideia de não desfilar nunca foi cogitada: “Foi bom ver a repercussão na internet, foi bom ver que o assunto que a gente levantou é importante e despertou conversas, discussões, ideias. Nunca passou pela nossa cabeça não desfilar”.

Na gravação, os integrantes anunciam o produto VIM Cloro Gel como apoiador do bloco. A marca vai disponibilizar um caminhão, com banheiros gratuitos, durante o desfile do Bangalafumenga no Aterro do Flamengo. Além disso, uma equipe vai higienizar os banheiros de bares da cidade que vão poder ser utilizados pelos foliões.

De acordo com Rodrigo Maranhão, a ideia foi chamar atenção para um problema que afeta o carnaval do Rio há anos. “Isso é muito mais que uma campanha de marketing, muito mais que uma pegadinha, isso é o Banga querendo viabilizar seu carnaval, fazer um carnaval bonito”, explicou no vídeo.

Thiago Di Sabatto, músico do Bangalafumenga, também comenta o assunto no vídeo: “É com toda alegria e com todo amor no coração que a gente anuncia que o Banga vai desfilar. A gente se sentiu na obrigação de fazer esse alerta sobre um problema real que existe há muitos anos, desde que o carnaval de rua do Rio começou a crescer. Nós demos o toque e agora a gente precisa da força de todo mundo que abrace essa maneira de pular carnaval”.

Nos comentários do vídeo compartilhado, os internautas se dividem sobre a estratégia utilizada pelo bloco de carnaval. Muitos comemoram o desfile do Bangalafumenga e avisam aos amigos foliões, enquanto outros criticam a atitude adotada pela organização do bloco.

Mocidade terá carro com grupo usando apenas tapa-sexo



Paulo Barros prepara desfile sobre fim do mundo Paulo Barros prepara desfile sobre fim do mundo

Foto: diego mendes/ divulgação / Divulgação

A Mocidade quer esquentar ainda mais a temperatura na Sapucaí. Uma das alegorias da Verde e branco trará um grupo de mais de 50 pessoas que usarão apenas tapa-sexo, deixando à mostra o bumbum. Todos estarão dentro de algumas casas, até que o fim do mundo é anunciado através de efeitos de luzes. Neste momento, eles ficam sem roupa. O jogo de cena é muito rápido, não dura mais do que um minuto, para que o público pense mesmo que os destaques estão totalmente pelados. O carro faz referência aos versos “Andava pelado na chuva / Corria no meio da rua”, de Paulinho Moska.

A música “O Último dia”, de Moska, foi a grande inspiração do desfile que Paulo Barros prepara para a Mocidade. Os versos da música escondem todas as principais surpresas planejadas pelo carnavalesco para a apresentação.

Para o trecho “Trepava sem camisinha”, Paulo Barros separou uma outra alegoria polêmica. Nela, casais e, até grupo de três pessoas, estarão em camas simulando várias posições sexuais do livro “Kama Sutra”. Eles estarão seminus. Esta ideia também já foi usada pelo artista no desfile da Viradouro, em 2008, quando casais pintados de dourado faziam as posições do livro indiano.

Em 2008, carro de Paulo Barros simulou casais fazendo sexo na Avenida 03.02.2008 Em 2008, carro de Paulo Barros simulou casais fazendo sexo na Avenida 03.02.2008 Foto: Fábio Rossi

Já o abre-alas da agremiação da Zona Oeste será o anúncio do fim do mundo. Vários cartões-postais famosos em todo o planeta, como a Estátua da Liberdade e a Torre de Pisa, estarão em processo de destruição. Telões de led espalhados pelo carro ainda mostrarão imagens de catástrofes naturais, como tsunamis e incêndios.

Para as alas, Paulo Barros prepara fantasias divertidas. Uma delas, por exemplo, trará porcos vestidos de fantasmas. São os espíritos de porcos. Outras farão alusão às orgias, mas seguindo uma lógica romana: vão ser pessoas vestidas de deus Baco, lembrando as festas e orgias regadas a vinho.

A apresentação da Mocidade, a terceira a desfilar no domingo, é aguardada com ansiedade por torcedores e público. Na quadra da agremiação, faixas falam do único desejo: “A campeã voltou!”. A escola não volta no Desfile das Campeãs desde 2003.